Meios Filtrantes para Filtros de Água e suas Características | SNatural
Síntese Natural | Telefones: +55 (011) 5562.1669 / 5072.5452 / 5565.3254 |snatural@snatural.com.br
Meios Filtrantes para Filtros de Água – Características2018-08-13T09:57:44+00:00

Meios Filtrantes para Filtros de Água – Características

 

Filtros de água para uso pessoal e industrial procuram remover contaminantes da água como partículas, chumbo e outros metais pesados, cloro, flúor, trialometanos (subprodutos da cloração), ferro, manganês, microrganismos, compostos orgânicos voláteis (VOC’s), sabor, odores e outros.

Para cada contaminante se usa um tipo de meio filtrante e cada tipo tem um tempo de uso e necessidade de retrolavagem.

 

 

 

1) Areia, quartzo ou dolomita para remoção de sedimentos ou resíduos;
2) Carbonat, (vários tipos de carvão ativado) para gases e óleos, além de voláteis orgânicos e agrotóxicos;
3) Naturox tipo de zeolito puro para controle de ferro e manganês e sedimentos e resíduos;
4) Naturita tipo de zeólito que substitui com vantagens a areia de quartzo, pois, dependendo do tipo, remove também amônia e metais pesados;
5) Resinas de troca iônica para remoção de dureza e íons contaminantes específicos;
6) Sintec, borossilicato moído e classificado que promete substituir a areia com a vantagem de remoção de partículas e microrganismos ate 1 – 5 micra;
7) Antracito, carvão mineral para remoção de turbidez e resíduos e outros meios filtrantes específicos variados.

 

Remoção de Contaminantes e Principais Meios Filtrantes

1) Remoção de Ferro e Manganês – Meio Filtrante Naturox:

Para ferro e manganês se usa o NATUROX, um meio filtrante catalítico, tecnicamente desenvolvido para remoção de ferro, manganês, arsênio, alumínio, e sulfeto de hidrogênio em águas. Para uso em água potável, água industrial e água mineral. As vantagens comparadas aos métodos usuais para remoção de ferro e manganês, o NATUROX apresenta baixo custo de implantação, não é necessária a utilização de regenerante (permanganato de potássio), é aprovado para utilização em água potável pela EUROPEAN STANDARD (prEN TG 950; prEN TG 951; ISO 3696; ISO 6333; 80/778/EEC), tem um tempo de vida útil estimado de até 5 anos, quando utilizado dentro das especificações técnicas de uso.

Composto à base de zeólitos naturais e sintéticos, tecnicamente selecionados, processados, esterilizados e ativados, a fim de se obter uma alta atividade catalítica. A remoção do ferro e/ou manganês, se dá através do processo de oxidação e/ou adsorção.

O procedimento usual para filtros de alta pressão é a formação do leito filtrante com 50 a 100 quilos de NATUROX de baixa granulometria para cada 01 m³ de água a ser filtrada, e NATUROX mais grossos de granulometria de 1 x 3 mm para a camada suporte.

Antes do uso, o leito preparado de NATUROX deverá ser vagarosamente retrolavado para a retirada de impurezas. Cinco volumes de leito, geralmente, são suficientes para completar a lavagem, sendo colocado posteriormente em uso, descartando a 1ª metade de volume de leito de água filtrada.

A taxa de filtração indicada para sistemas de filtragem por gravidade é da ordem de 10 m³/m²/h, mas taxas maiores podem ser utilizadas em sistemas pressurizados. Para se obter uma maior eficiência do sistema, um tempo médio de 3 minutos de contato deve ser utilizada. A taxa de retrolavagem indicada é da ordem de 35 m3/h/m2.

A necessidade de realização de posteriores retrolavagens será verificada por meio de determinações periódicas das concentrações de ferro e manganês na água filtrada. Mantida as condições de pH, vazão e concentrações na água de alimentação, a periodicidade das retrolavagens será a mesma.

Devido às perdas ocorridas na retrolavagem, é necessária uma reposição anual de 2% do peso do NATUROX utilizado no sistema de filtragem.
Estocagem: NATUROX pode ser estocado por tempo indeterminado. Não armazenar o NATUROX em contato com ácido clorídrico, ácido sulfúrico, cloreto de sódio, sulfatos ácidos, pois em contato com esses produtos poderá haver a formação de gases ácidos.

Embalagem: O NATUROX é fornecido em sacos com de 25 Kg ou big bags de 1000 kg.

Aplicação: para cada 1m³/hora de vazão, deverá ser utilizado de 50 quilos (teores de ferro + manganês inferiores a 5 PPM) a 100 quilos (teores acima de 5 PPM) do NATUROX;
O produto deverá ser introduzido no filtro sobre a camada suporte; O sistema de filtração deverá ter distribuidores de fundo com rasgos inferiores a 0,30 mm, a fim de evitar a fuga do meio filtrante durante o processo de filtração. A taxa de filtração aconselhada é da ordem de 15 a 20 m³/m²/h e a de retro-lavagem indicada é de no mínimo 45 a 60 m³/m²/h;
O produto trabalha bem com águas que tenham valores de pH acima de 7,5; Águas que contenham complexos orgânicos de degradação biológica e/ou vegetal de metabolismo bacteriano, deverão ser previamente cloradas (pré-cloração).

 

2) Remoção de Particulados – Filtro de Areia de Quartzo:

Um filtro de areia de quartzo remove particulados entre 5 a 25 micra dependendo da areia, de seu tempo de uso e da velocidade da água no filtro. Durante a filtração a água, em geral, passa de cima para baixo devido a uma pressão exercida pela bomba e a limpeza dos filtros em contra corrente (retrolavagem), revertendo-se o fluxo do leito.

Limitações dos filtros de Areia de Quartzo: Os filtros de areia não removem bactérias e vírus cujos tamanhos variam entre 0,1 e 10 micra, não remove também gases como o gás sulfídrico, o cloro, compostos orgânicos voláteis, matéria orgânica dissolvida, etc.. Um filtro de piscina, por exemplo, remove em geral resíduos acima de 30 micra.

 

3) Filtro de Naturita:

A NATURITA possui uma grande área superficial e porosidade que permitem a retenção de material particulado. Utiliza-se na filtração convencional como substituto da areia. Pode ser aplicado em filtros de altas taxas de filtração de até 40 m³/m²/h. Sendo a taxa ideal de 32 m³/m²/h, que é o dobro da taxa da areia e o quartzo, permitindo utilizar filtros mais compactos. Existe disponibilidade granulométrica de: 0,4 a 1,0 mm; 1,0 a 3,0 mm e 3,0 a 8,0 mm. A granulometria utilizada para conseguir uma boa filtração de sólidos é de 0,4 a 1,0 mm. O material das outras duas granulometrias é colocado no fundo do filtro como suporte e para evitar fuga pelas crepinas do material mais fino (material de granulometria 0,4 a 1,0 mm).

A NATURITA por apresentar uma superfície rugosa consegue reter mais partículas na sua superfície que a areia, que apresenta uma superfície bem mais lisa e por ser um material poroso tem uma perda de carga menor.

A NATURITA pode ser utilizada para: produção de água potável em estações de tratamento de água, onde substitui ao leito tradicional de areia, conseguindo aumentar a capacidade do filtro; produção de água industrial: Tratamento de água para uso em torre de resfriamento ou para processos industriais e produção de água de reuso como filtração final ou polimento. O filtro contendo zeólita natural opera nas mesmas condições que o filtro de areia comum, portanto as mídias são intercambiáveis.

 

4) Filtros de Carbonat:

O CARBONAT é capaz de remover uma série de contaminantes. O carvão ativado usado em filtros é um produto especial produzido a altas temperaturas na ausência de ar para gerar microporos que lhe aumentam a área superficial interna promovendo uma melhor remoção de contaminantes.

Pequenos filtros de água domiciliares com pouco mais de 100 gr de carvão ativo granular (GAC) é capaz de remover cloro facilmente (NSF Classe I), sendo que outros contaminantes como trialometanos, MTBE, MX, pesticidas / herbicidas e outros VOC ‘s requerem mais tempo de contato com o carvão ativado. Outro fator importante para uma melhor filtração com carvão ativado está na seleção do tipo de carvão utilizado; a origem do carvão determina seu tipo. Os tipos mais comuns de carvão ativado para filtração de água são do tipo betuminoso/mineral, madeira e casca de coco e palmiste.

O carvão ativado granular tem pouca capacidade de remoção de partículas (30-50 mícron) e por isso são classificados como NSF Classe V, entretanto filtros de carvão em bloco, feitos com partículas de carvão ativado muito finas, além de poderem ter duas a quatro vezes a vida útil do filtro de carvão ativo granular normal têm mais capacidade de redução dos compostos orgânicos voláteis (VOC’s) pelo aumento do tempo de contato.

Filtros de carvão ativado revestido em bloco podem oferecer um desempenho ainda melhor do que o bloco de carvão na medida em que são classificados para filtração de 1/2 mícron tendo, por vezes, certificado para a redução de Cryptosporidium e Giárdia.


Principais Produtos SNatural, clique e confira:

?

  PRINCIPAIS PRODUTOS:  

  Aeração  

  ○ Filtros  

  ○ Produtos Químicos  

  ○ Ozônio  

  ○ Ultravioleta  

  ○ Flotadores  

  ○ Decantadores  

  ○ Separador Água-Óleo