Síntese Natural | Telefones: +55 (011) 5562.1669 / 5072.5452 / 5565.3254 |snatural@snatural.com.br
Sistemas UASB/FAS 2017-12-08T16:44:32+00:00

Tratamento de Esgotos e Efluentes com Sistemas Compactos – UASB/FAS

Sistemas UASB/FAS

                     Sistemas UASB/FAS

Os novos projetos de construção de Estações de Tratamento de Efluentes (ETE´s) apontam para valorização de uma arquitetura compacta, baixo impacto ambiental(odores, ruídos e moscas), baixo custo operacional, rusticidade, resistência a variações de carga, toxicidades dos efluentes e simplicidade de operação. Possuindo todas estas características, os modelos SNatural incorporam as vantagens dos sistemas do Reator Anaeróbio de Manto de Lodo de Fluxo Ascendente (“Upflow Anaeróbic Sludge Blanket” – UASB) e do Filtro Aerado Submerso (FAS), normalmente complementar ao UASB, ambos largamente utilizados na engenharia sanitária.

Reatores UASB reduzem a carga orgânica (DBO) normalmente em 70% e, se seguido de um filtro aeróbio FAS, o tratamento alcançará até 95% de redução de DBO. (NBR 13969/97). Os níveis médios de redução de poluentes numa água de esgoto doméstico são reproduzidos da NBR 13969/97 e por literatura complementar como indicado abaixo:

Dependendo do nível de tratamento exigido pelo cliente e legislação, a SNatural dispõe de dois Sistemas de Tratamento de Efluentes (ETE´s) Complementares que podem ser usadas individualmente ou em conjunto: a Natural-ETEC 80 composta pelo reator aeróbio FAS e a Natural-ETEC 90 igual à ETEC 80, mas precedida por um reator anaeróbio UASB para abatimento adicional de DBO.

Para efluentes tipo esgoto doméstico, com carga orgânica até 400 mg/l na água, a ETEC 80 é uma solução eficiente: sem odor, compacta e econômica. Para efluentes com cargas orgânicas maiores, acima de 400 mg/l, é necessário retirar esta alta DBO iniciando o tratamento com um reator anaeróbio tipo UASB precedendo o aeróbio tipo FAS normal. Esta concepção de ETEC adapta-se a qualquer tipo e quantidade de carga orgânica; é composta de reatores estáveis, consumo de energia desprezível e manutenção simples.

Processo da ETEC SNatural

A ETE Compacta SNatural requer um pré-tratamento que pode ser feito com gradeamento e caixa de retenção de areia ou com tanque de retenção de sólidos (tanque séptico ou fossa), onde o efluente bruto deixa o material sólido e areia devendo ser retirado periodicamente.

ETEC-80

Dependendo da DBO original e da legislação, o tratamento na ETE 80 Compacta se inicia diretamente por um sistema aeróbio (FAS) para redução da DBO e nitrificação da amônia (NH4) a nitrito (NO2) e a nitrato (NO3); a seguir, dependendo da exigência em relação à redução do Nitrogênio total (N-NH4), o sistema recebe um reator anóxico para retirada do nitrato (NO3), seguido da decantação e o lodo gerado é dirigido ao tanque de retenção de sólidos. Segue-se ainda a aeração ou pós-aeração para atingir a concentração de oxigênio de 2 mg/l, no caso de lançamento em corpo de água Classe 4 e 6 mg/l, para corpo de água Classe 1. Por fim a desinfecção por radiação ultravioleta ou cloração.

ETEC-90

Nesta ETE o tratamento se inicia por um reator UASB (anaeróbio) seguido pelo sistema aeróbio (FAS) igual ao anterior para redução complementar da DBO e nitrificação da amônia. Dependendo da legislação em relação ao Nitrogênio total (N-NH4) o sistema recebe um reator anóxico como na anterior e, da mesma forma, segue-se a decantação, a aeração e a desinfecção por radiação ultravioleta ou cloração.

Se a legislação exigir observância do Artigo 18, a ETEC80 poderá ser usada, mas se além do artigo 18 a legislação exigir observância do Conama 357 com referências à DBO de até 30 mg/l e N-NH4 até 20 mg/l, a ETEC90 deve ser empregada.

Legislação – Principais Parâmetros – Esgoto Doméstico

Notas

Para lançamento, a vazão de referência do corpo receptor é calculada com base no artigo 20 – inciso XXXVI da Resolução CONAMA 357/05; na ausência da vazão de referência é utilizada a vazão mínima de 7 dias consecutivos de período de recorrência 10 anos (Q7,10).

Equipamentos

O sistema mais econômico é construído em concreto pré-moldado, mas pode ser ofertado em PEAD (Polietileno de alta densidade); o módulo é projetado para transporte em caminhão; pode ser enterrado em quaisquer condições de lençol freático e privilegiam o uso da gravidade; não há necessidade de retrolavagem.

 O painel de controle se resume a uma chave liga/desliga, temporizador e sistema de proteção elétrico. A estação é compacta, de manutenção simples, baixo consumo de energia, é silenciosa, sem odor, automatizada e de fácil operação e manutenção. Não necessita de operador com conhecimentos especiais ou treinamento especial.

As ETE´s SNatural são montadas depois de uma fossa séptica ou tanque de retenção de sólidos. Em caso de não haver esta instalação, são fornecidas as informações necessárias para a instalação segundo a norma oficial (NBR 7227/1993).

Modelos

Acompanha projeto descritivo, instalação e fornecimento de Manual de Instalação/Manutenção.

Construção da Fossa Séptica

A SNatural fornece todos os projetos para construção da fossa/tanque de retenção de sólidos inicial ao tratamento:

Sumário do Fornecimento da ETE

Materiais

(1) Reservatórios em Anéis de Cimento Pré-Moldado ou PEAD
(2) Conexões Tubulares em PVC
(3) Difusores de Ar em PVC e PE e EPDM
(4) Sopradores de Ar
(5) Painel de Controle Elétrico
(6) Sistema de desinfecção Ultravioleta
(7) Casa de Máquinas Opcional

Detalhes de Projeto

(1) Profundidade limite da tubulação de entrada maior de 80 cm necessitará Estação Elevatória
(2) Remoção de DBO até 80% ou acima de 90% a ser determinada pelo cliente

Condições de Contorno

(1) Oxigênio dissolvido (OD) superior a 2%
(2) Baixa turbidez
(3) Água com ausência de Odor
(4) Remoção de P e N acima de 50%
(5) Proporciona água para reuso em 95% do volume tratado para fins não potáveis
(6) 90% de eficiência na remoção de DBO
(7) desinfecção da água tratada em níveis vigentes na legislação

Preço

(1) Infra estrutura como base de concreto, instalação elétrica 220w, e engenharia civil não inclusos;
(2) Pagamento: 40% pedido, 20% entrega; 20% 30 ddl, 20% 60 ddl – posto fábrica
(3) Impostos: ICMS não incluso

Entrega

(1) Até 30 ddl dependendo da conclusão das obras de infra estrutura
(2) Na entrega dos materiais se fará presente um representante da SNatural

Obrigações da Vendedora

(1) Fornecer os projetos e fluxogramas
(2) Orientar a montagem, a terraplanagem, construções, lages, elétrica, etc.
(3) Treinar equipe da compradora sobre o funcionamento do sistema

Obrigações da Compradora

(1) Preparar o local
(2) Dotar o local com facilidade de acesso para máquinas e equipamentos
(3) Fornecer água ao local, eletricidade e mão de obra qualificada
(4) Guarda e conservação dos equipamentos durante a instalação
(5) Contratação de máquinas e equipamentos para a instalação, em caso de necessidade
(6) Instalar caixas de gordura nos pontos de origem e executar a limpeza periódica
(7) Assegurar o fornecimento de energia elétrica ao painel
(8) Manter o local e instalações sob vigilância e controle
(9) Anotar medições diárias em livro de operação e observações referentes ao sistema

Garantias

O fabricante garante os equipamentos fornecidos contra defeitos de fabrica e o correto funcionamento por 12 meses.
Exclui-se da garantia:
danos por atos de vandalismo, infiltração de água superficial no sistema, má utilização dos equipamentos, utilização de peças não recomendadas, utilização do sistema para fins diferentes do previsto, quedas ou sobrecargas de energia elétrica, deficiências na execução da engenharia civil, alterações do projeto sem consulta prévia, má conservação dos equipamentos, incêndios, inundação, raios, etc..


Principais Produtos SNatural, clique e confira:

?

  PRINCIPAIS PRODUTOS:  

  Aeração  

  ○ Filtros  

  ○ Produtos Químicos  

  ○ Ozônio  

  ○ Ultravioleta  

  ○ Flotadores  

  ○ Decantadores  

  ○ Separador Água-Óleo