Síntese Natural | Telefones: +55 (011) 5562.1669 / 5072.5452 / 5565.3254 |snatural@snatural.com.br
Criação de Peixes 2017-12-08T15:36:19+00:00

Peixe e Camarão – Tratamento de Água/Aeração – Aeradores – Criação De Peixes

Aeração – Aeradores – Criação De Peixes

A matéria orgânica, folhas, fezes dos peixes, ração, animais mortos, etc., se concentram no fundo dos tanques e lagos para se decompor. As condições de decomposição são normalmente anaeróbias e ácidas, produzem amônia e outros gases tóxicos que se acumulam no fundo do tanque (lodo) tornando-o inabitável para organismos aeróbios como o peixe e camarão.

Um dos principais problemas em aqüicultura, piscicultura e criação de camarões deriva de uma migração deste lodo para as camadas mais superficiais da água, podendo matar os peixes.

A amônia entra no sangue (hemoglobina) envenenando os animais. No caso do camarão é mais grave pois este já habita o fundo do tanque.

Tempestades fortes que produzam grandes entradas de água ou mesmo só o vento, são capazes de revolver o fundo de tanques, lago ou represas trazendo à superfície o lodo, com forte impacto no bem-estar dos peixes que são envenenados por esta água podre.

Lagos com equilibrada presença de algas (cianofíceas unicelulares e outras), detêm oxigênio durante o dia, mas durante a noite, estas mesmas plantas consomem todo o oxigênio produzido podendo deixar os animais com carência perigosa. Por este motivo os peixes costumam aparecer na superfície da água logo que o dia nasce, quando as condições de oxigênio são as piores.

Um lago natural apresenta vários habitats ao longo de seu perfil onde a água se caracteriza por temperatura, nível de oxidação, pH e penetração e luz que propicia ou não o desenvolvimento dos habitantes aquáticos.

Diferentes Habitats de um Lago Natural

A oxigenação natural de lagos pelas microalgas cianofíceas e vento ocorre apenas na superfície entre 1 e 2 metros de profundidade caindo a praticamente zero após os 3 metros de profundidade.

Comparação Água Limpa com Água Salgada.

Condições anóxicas (sem oxigênio) impedem o metabolismo dos peixes, matando-os. A falta de oxigênio também reduz a resistência a doenças e impede que o animal se alimente. Peixes comem 1-2% ao dia de seu peso produzindo fezes que geram amônia (NH3), gás sulfídrico (H2S), ácido carbônico (CO2) e outros produtos tóxicos na água. A presença de oxigênio evita estes problemas e permite aumento de lotação (biomassa).

Resultados Obtidos com Aeração em Tanques/Lagos.

O consumo de Oxigênio (O2) pelos peixes varia em função da espécie, da idade, da temperatura da água e da atividade dos peixes: a aeração na criação de peixes aumenta a lotação média de peixes/hectare ou biomassa (kg/ha). Sampaio et alii (1997) para o Estado de São Paulo, sob manejos diversos, encontraram os seguintes resultados com aeração.

A aeração de tanques permite uma maior produção de peixe e camarão, melhora a aparência dos lagos para prática de esportes e, a aeração aumenta a transparência da água, acaba com os odores e reduz a probabilidade de ocorrência de pragas e doenças relacionadas à água como a Dengue e Leptospirose. O tipo de aeração é determinado pelo tamanho do tanque/lago, pela quantidade de peixes (biomassa) e pela profundidade do tanque.

A SNatural, especialista em aeração, trabalha com equipamentos de baixa manutenção e alta eficiência com , difusores e ar difuso.

Aeradores & Aeração

A Aeração para o tratamento de água e produção de peixe e camarão é feita de diversas maneiras, dependendo do caso:
1) Aeração para Tanques e Lagos de pequeno porte para produção de peixe e desestratificação de lagos;
2) Aeração Flutuante para explorações comerciais de peixe e camarão;
3) Aeração por Injeção de Ar para desestratificação, produção e recuperação e lagos.
A indústria de tratamento de água desenvolveu vários tipos de Aeradores Mecânicos durante todo o século 20: os primeiros foram os de pás, depois os de injeção, tipo Venturi, e mais recentemente os difusores de membrana com sistema anti entupimento.

O Sistema de Aeração SNatural utiliza aeradores de microbolhas tubulares ou planos com o dobro de eficiência em relação aos sistemas mecânicos de superfície tradicionais . Levantamento na indústria de saneamento onde têm aplicação generalizada.

Aeração por Ar Difuso

O sistema de ar difuso por membrana é uma evolução do sistema mecânico, se

destaca pelo baixo consumo de energia (redução de 40%). É o sistema de escolha para tratamento de efluentes industriais e esgoto doméstico.

O Ar Difuso é mais eficiente em termos de Aeração devido ao tamanho de bolha que produz e também devido à profundidade em que é injetado. Um tanque sem oxigenação durante a noite tem a tendência de reduzir muito a concentração de Oxigênio o que pode ser estressante para o peixe e mesmo letal.

Estudos na América Central e Brasil, com aeração em Tilápia, indicam níveis de biomassa em função da aeração intensiva

(1) – Aeração de Pequenos Tanques d’Água – Difusores

Para Lagos e Tanques, equipamentos flutuantes reúnem eficiência, robustez, economia de energia e facilidade de manuseio. Na aeração por ar difuso, os equipamentos se adaptam às necessidades: Para tanques rasos como os usados para piscicultura e carcinicultura (1- 2 m), se utilizam:

(2) – Sistemas de Aeração Flutuante – Aeração que vem do fundo

O Aerador Aeromax FD de Fluxo Direcionado da SNatural tem 90 watts a 5 CV e mantêm em movimento toda a água de um tanque de 2 hectares/CV. Para a oxigenação de 10 tons de biomassa ou 1 hectare (10 000 m2) de lâmina de água se recomenda um Aerador Aeromax FD de 1 CV.

Este sistema de aeração para tanques de 2 m de profundidade média é um equipamento de alta eficiência de oxigenação (ar difuso) pois arrasta água “varreno” o fundo do viveiro evitando o acumulo do lodo.

O soprador está conectado a uma grade de difusores/aeração formado de 8 a 10 difusores planos/CV produzindo de 800 a 1000 litros de ar/minuto/CV na forma de bolhas de 1 a 2 mm que são rebatidas por uma parede dirigindo o fluxo para a frente, permitindo um tempo maior de contato com a água e aumentando a dissolução do ar na água. É um equipamento indicado para Pesque Pague, aeração de tanques rede em áreas de baixa circulação de água, criação de camarão, lagos ornamentais e outros. O sistema de ar difuso por membrana é uma evolução do sistema mecânico. Se destaca pelo baixo consumo de energia (redução de 40%), é o sistema de escolha para tratamento de efluentes industriais e esgoto doméstico.

Aeradores de Fluxo Dirigido Flutuantes:

Vídeos demonstrativo (5 CV):


Principais Produtos SNatural, clique e confira:

?

  PRINCIPAIS PRODUTOS:  

  Aeração  

  ○ Filtros  

  ○ Produtos Químicos  

  ○ Ozônio  

  ○ Ultravioleta  

  ○ Flotadores  

  ○ Decantadores  

  ○ Separador Água-Óleo